Notícias

A proteção de dados no home office.

Como é possível manter a segurança dos dados fora do ambiente da empresa?


O home office pode significar trabalhar de qualquer lugar que esteja fora da empresa. Já regulamentado pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), ele busca encontrar um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional do trabalhador, trazendo também economia para as empresas.

Realizado pelo Online Trust Alliance, o relatório sobre tendências de incidentes cibernéticos e violações, mostrou que 93% das violações de segurança em 2017 poderiam ter sido evitadas. Mas como fazer com que as informações manipuladas pelos funcionários no espaço remoto, que não é de domínio da empresa, estejam seguras?

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) se aplica também, no contexto corporativo, aos funcionários que trabalham na modalidade home office. Assim, a existência de um protocolo de regras para trabalhar fora da empresa se faz importante. Assim, como dentro da empresa, os dados estão expostos a diversos fatores que podem levar a sua violação, visto que qualquer pessoa não autorizada que tenha acesso a eles já o classifica como tal.

A proteção desses dados não precisa ser algo complicado, pode se tornar fácil com algumas medidas de proteção simples, como o bloqueio, automático, da tela do computador após um período de tempo sem uso (como, por exemplo, 1 minuto); configurar, através do departamento de TI, o monitoramento do dispositivo (como mapeamento geográfico e a verificação de invasão de dispositivos); bloqueando as informações para que elas não sejam salvas na unidade local do computador; e até mesmo criptografando as informações, para que mesmo em casos de perda ou roubo do dispositivo, os dados não poderão ser acessados.

É importante partir da empresa a criação de políticas de trabalho remoto. As ferramentas disponibilizadas aos funcionários devem ser eficazes, mas também fáceis de proteger. Possibilitando, assim, a criação de uma cultura que mantenha a liberdade da tecnologia, sem trazer prejuízos às partes envolvidas.

Nesse ponto, é fundamental para trabalhadores remotos a criação de políticas e procedimentos que abranjam explicitamente sua segurança. Essas políticas, porém, precisam ser adaptáveis, de forma que abranja as necessidades do momento, mesmo que seja necessário um investimento financeiro um pouco maior. Descuidar a respeito do vazamento de dados, a partir da efetivação da LGPD, pode significar um grande prejuízo reputacional e financeiro para uma organização.

Comments