Notícias

Tinder permitirá verificação de antecedentes dos "matches"

Match Group, empresa dona de apps como Tinder, Match.com e Plenty of Fish, anunciou que investiu na verificação de antecedentes sem fins lucrativos Garbo


O aplicativo de encontros Tinder em breve lançará uma função de verificação de antecedentes em sua plataforma. É uma medida tomada para proteger os usuários contra a violência de gênero, de acordo com um comunicado à imprensa no dia 15 de março.

 

Match Group, empresa dona de apps como Tinder, Match.com e Plenty of Fish, anunciou que investiu na verificação de antecedentes sem fins lucrativos Garbo e implementará sua tecnologia no Tinder. Depois, a tecnologia estará em seus outros serviços de namoro, ainda este ano. O Tinder não revelou uma data específica para o lançamento.

 

A parceria pode tornar o Tinder um lugar mais seguro para solteiros. Em dezembro de 2019, executivos do Match Group disseram aos repórteres da ProPublica que "definitivamente há criminosos sexuais registrados em nossos produtos gratuitos", depois que o veículo publicou uma investigação sobre as medidas de triagem da empresa. Na época, o grupo Match disse que só examinava criminosos sexuais em suas plataformas pagas, não nas gratuitas, de acordo com a Insider.

 

Em janeiro de 2020, o aplicativo adicionou verificação de fotos, check-ins de segurança no aplicativo durante os encontros e um botão de pânico embutido na plataforma. Os serviços são gratuitos, mas estão disponíveis apenas nos EUA.

 

Ao contrário desses recursos, o Garbo, funcionalidade de ver antecedentes, terá um preço para os usuários. Tinder disse que quer tornar as verificações acessíveis e trabalhará com Garbo para fazer isso, mas ainda não revelou um preço, relatou o The Verge.

 

Será necessário um número de telefone e sobrenome do "date" para usar a ferramenta

 

A Garbo foi fundada em 2018 por Kathryn Kosmides, após sofrer violência de gênero. O sistema usa registros públicos e relatórios de prisões, assédio, ordens de restrição e outros crimes violentos para gerar verificações de antecedentes de baixo custo.

 

Para completar uma verificação de antecedentes do Garbo em seu app de namoro, é preciso inserir número de telefone e sobrenome. Embora o grupo Match tenha essa informação, é algo que você terá que perguntar ao seu match, de acordo com o The Verge. Isso ocorre porque a plataforma não pode fornecer os dados de um usuário a outro por motivos de privacidade.

 

Alguns terapeutas disseram anteriormente ao Insider que uma pesquisa preliminar na Internet sobre a pessoa, antes de um encontro pessoal, é sempre uma boa ideia por razões de segurança e compatibilidade.

 

Acusações de porte de drogas não farão parte das verificações de antecedentes

 

Desde fevereiro, a Garbo não faz a triagem de acusações de porte de drogas. Em um comunicado à imprensa, Garbo disse que deseja se "distanciar" de um "sistema de justiça criminal que tem sido usado para monitorar o porte de substâncias de uma forma que promove a desigualdade sistêmica há décadas".

 

Os negros são detidos desproporcionalmente por posse de substância, apesar de usar drogas em taxas semelhantes às dos brancos.

 

Tinder no Brasil: números importantes

 

O aplicativo de encontros está cada vez mais popular no Brasil. Somente entre fevereiro e abril do ano passado, o número de mensagens enviadas aumentou 27%, movimento motivado também pelas restrições da pandemia. As mulheres jovens representaram 37% desse crescimento.

 

Em nível global, as ações do Match Group avançaram mais de 200% entre março e dezembro de 2020 por conta do crescimento dos usuários pagantes na plataforma.

 

Comments