Proteção de dados

Proteção de Dados: custo ou valor de negócio?

Saiba mais sobre a importância da privacidade quando assunto é agregar valor aos seus clientes


Ainda que a privacidade online seja considerada cada vez mais importante para os usuários de plataformas e serviços da internet, e os vazamentos prejudiquem a reputação e o faturamento de empresas, muitos empresários ainda vêem a proteção de dados apenas como um custo.

 

Desde setembro de 2020, está em vigor no Brasil a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), impondo que as empresas cuidem dos dados pessoais de seus clientes e usuários, protegendo contra vazamentos e uso indevido dessas informações para fins comerciais.

 

Em agosto de 2021, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) poderá começar a aplicar penalidades às empresas que não estejam em conformidade com a lei. Essa mudança vai alterar a forma com que muitos empresários e profissionais vêem a proteção de dados, pois o descaso com dados pessoais ainda é a realidade em alguns negócios.

 

A perspectiva é boa para o futuro quando o assunto é proteção de dados, o que é um alívio para todos os consumidores brasileiros. De acordo com uma pesquisa da IT Mídia, 89,7% dos entrevistados afirmaram que a LGPD e a privacidade dos dados são uns dos temas de segurança da informação que a TI deve priorizar em 2021.

 

Mais transparência = mais confiança

 

No início do ano de 2021, o WhatsApp atravessou um período delicado, quando resolveu atualizar suas políticas de privacidade. Os novos termos de uso deixaram alguns usuários inseguros quanto ao uso do aplicativo, o que aumentou o número de downloads do concorrente Signal, uma plataforma de código aberto.

 

Quando não fica claro para o público qual é a finalidade da coleta de dados e qual benefício ele está tendo no tratamento de informações, isso gera desconfiança e abre margem para a concorrência.

 

Cuidar da proteção de dados agrega valor ao seu negócio porque aumenta a credibilidade da sua empresa. Uma instituição que mostra aos clientes quais dados pessoais são tratados e por que, e faz com que isso seja positivo para a experiência do público, melhora o relacionamento e a retenção dos clientes, impactando positivamente no faturamento.

 

Melhore a experiência dos clientes

 

Quando os dados são utilizados de maneira incorreta, a experiência dos clientes acaba se tornando negativa. Uma pessoa que não quer receber newsletters ou SMS mas recebe, ou que recebe ligações indevidas de sua marca, não fica com uma boa impressão de sua empresa.

 

Se essa revisão do consentimento e das permissões não é revista, o custo de perder o interesse desses clientes é alto e pode ser irreversível. Por isso, investir em formulários completos de consentimento e na segmentação da comunicação para quem aceitou recebê-la não é trabalhoso, pois trabalhoso mesmo é reverter um cliente que já se sentiu invadido pela sua empresa.

 

Mantenha o seu negócio seguro

 

Casos de vazamentos de dados pessoais acontecem diariamente. Netflix, Uber, Adobe, entre muitas outras já enfrentaram casos parecidos e tiveram que reverter a situação. Para uma empresa pequena ou média, o custo pode ser muito alto e não haver a possibilidade de gerenciar essa crise da maneira correta, levando a danos financeiros e de imagem.

 

Garantir aos clientes que as informações deles estão seguras, por meio de termos de uso e políticas de privacidade bem redigidos, agrega muito valor à experiência que eles estão tendo e à sua reputação.

 

Investir um pouco de tempo para deixar claro tudo o que as pessoas precisam saber sobre o uso dos dados delas é essencial para estar de acordo com as demandas dos usuários dos dias atuais, que já reconhecem que são donos de suas informações.

 

Como atuar para proteger os dados pessoais

 

Agora que você já conhece o valor de proteger os dados pessoais de clientes e usuários e como isso pode agregar para a reputação e faturamento do seu negócio, é hora de agir. Com uma boa consultoria na área, estudo sobre a nova legislação e ferramentas que facilitem o dia a dia, é possível atuar na prevenção de vazamentos e demais problemas sem dores de cabeça.

 

O ideal é sempre trabalhar preventivamente e investir na boa comunicação com o público para que fique claro a todos sobre as medidas de proteção de dados e a importância do consentimento por parte dos clientes.

Comments